Fazer algo por puro lazer é tão importante quanto outras atividades essenciais como dormir, se alimentar ou praticar esportes. Acha exagero? Pois não é! Ter um hobby não é apenas um sinônimo de fazer algo por gosto, mas também de qualidade de vida e aprendizado.

Imagine o seu dia a dia; lotado de compromissos, afazeres e correria. Atividades feitas por puro prazer, sem pressão de tempo ou resultados imediatos, nos ajudam a descobrir mais sobre nós mesmos, nossa personalidade e potencial. Reservar um tempo para fazer algo que se gosta, sem esperar remuneração ou aprovação dos outros, é essencial para compreender o que vai dentro da gente.

O hobby é uma maneira de gerenciar o estresse do dia a dia e descobrir novos talentos.

Ter uma atividade prazerosa que te desvia das tensões é uma boa estratégia para driblar os problemas que ficam martelando dentro da nossa cabeça. O momento da prática de uma atividade que te proporcione essa sensação de prazer trás muitos benefícios como, o autoconhecimento, autoestima e autoconfiança. Com o passar do tempo o hobby torna-se uma válvula de escape para as preocupações.

pexels-photo

Particularmente sou uma pessoa que cultiva muitos hobbies. Antes de escrever esse post eu parei para analisar, e percebi que desde muito novinha eu já me dedicava à muitas atividades por puro prazer. E querem saber o mais legal de tudo isso? Com o tempo alguns desses hobbies viraram o meu trabalho, e hoje tornaram-se um misto de prazer com compromisso. Percebi que aquelas atividade que cultivei por puro prazer no passado me moldaram. Hoje sou quem sou graças aos meus experimentos e aos meus hobbies.

No resumo, o que eu quero dizer é: TENHA UM HOBBY O QUANTOS ANTES!

Se você está se perguntando qual seria o seu tipo de hobby ideal, saiba que há muitas opções e quase nenhuma regra! Ainda bem! A única característica do hobby que precisamos seguir é, que ele seja um passatempo e não uma obrigação. Por exemplo, escrever para mim é uma atividade muito agradável, mas tornou-se uma obrigação por causa do trabalho. Portanto, já não é um hobby. Temos que fazer algo sem esperar retorno, por puro divertimento. Entendeu a lógica? E vale tudo, dança, bordado, pintura, jogos, fotografia, coleções, jardinagem, etc.

E aí… Vamos fazer algo divertido?

Me acompanhe pelas redes sociais: FACEBOOK / INSTAGRAM/SKOOB/YOUTUBE/PINTEREST