vuou hadassah sorvillo

Não é segredo para ninguém que sou totalmente fissurada por literatura. Sou o tipo de pessoa que sempre está lendo vários livros ao mesmo tempo, com uma porção ainda para serem lidos na estante, e tantos outros na lista de desejos. O que posso fazer? Cada um com seus vícios, e o meu são livros e derivados.

Com o tempo as pessoas começaram a me perguntar como eu fazia para ler tanto, e outras que diziam que gostariam de fazer a mesma coisa, mas que não tinham paciência. Aqui mesmo no blog já recebi comentários e e-mails de pessoas pedindo dicas para se aprofundar no universo do livros ou aprimorar o gosto pela coisa. Então decidi abordar esse tema, espero que ajude aos atuais e futuros leitores.

vuou

1-) Comece lendo o que te interessa

Não sei se tem um método comprovado cientificamente para você aprender a gostar de ler, comigo foi uma coisa muito natural. Por estudar em casa e não ir à escola os livros acabaram tornando-se minhas portas para o mundo. Então desde pequena li muito, porque eram nas páginas que eu encontrava inspiração, conhecia amigos e descobria novos lugares. Hoje em dia é quase uma dependência, ler é fundamental exatamente porque considero os livros minhas melhores companhias. Então, acho que o primeiro passo é você deixar-se envolver por esse universo.

Que temas você gosta? Comece a pesquisar títulos e autores que seguem uma linha que você acha interessante. Há muita coisa no mercado de publicações, desde os clássicos até a essas paradas de zumbis e romances melosos. Você não precisa necessariamente ler Guerra e Paz, que um é baita livrão (por sinal na minha lista de próximas leituras) só para provar que é um bom leitor, ou com um gosto mais refinado. Leia se você quiser, resumindo leia o que você gosta! Para começo de conversa literatura é um campo muito abrangente. Você pode ler livros teóricos, auto-ajuda, romances, biografias, distopias, ficção científica, enfim… pode estudar, analisar e entreter-se. Livros não são chatos, talvez você só não tenha tentado com o livro certo.

2-) Estabeleça metas

Então tá difícil ler tudo o que você quer? Te entendo perfeitamente! Eu tenho uma pilha de livros que preciso ler até o final do ano, isso tirando os que quero adquirir. Então de uns tempos para cá fiz metas de leitura. Comecei a fazer listas, por exemplo; vou ler Razão e Sensibilidade até o final de Janeiro, ler um capítulo do livro do Pondé, no mínimo por semana, ler um livro da coleção Brumas de Avalon por mês, e quero começar pelo menos um clássico (colossal) até o final do ano, e assim por diante. Estabelecendo metas dá para saber a onde você quer chegar, quais livros ler e organizar prioridades.

vuou hadassah sorvillo

3-) Faça anotações

Quer se envolver com um livro? Então use e abuse! Eu gosto de ler fazendo marcações com post-its, grifando textos e escrevendo notas de rodapé. Claro que não faço isso com todos os livros. Para livros de estudos eu rabisco mesmo, agora há outros que fico com muita dó, então marco com post-it as páginas e citações que mais gostei ou depois anoto em um caderno à parte. Essa prática me ajuda muito na hora de relembrar o conteúdo e fixá-lo na mente. Além disso, é muito legal pegar um livro e ver suas antigas marcações.

4-) Reserve um tempo

Desligue um pouco a TV, sai do WhatsApp, vá para um lugar agradável, senta e lê! Com a correria do dia a dia, ficamos tão acostumados à agitação que quando sentamos para fazer algo mais calmo e que requer atenção acabamos perdendo a paciência e o foco. Gente, vamos lá, exercício mental. Desligue-se de tudo e se liga em uma viagem que só pode começar se você permitir de verdade. Com o tempo vai ser mais fácil, hoje leio em qualquer lugar, o mundo pode cair do meu lado, tudo bem, estou de boa com meu livrinho.

vuou hadassah sorvillo

5-) Converse com pessoas que gostem de livros

Quer coisa melhor do que conversar com alguém que pode te dar dicas de livros, ajudar na leitura ou compartilhar experiências? Envolva-se nesse universo! Aposto que tem algum bibliógrafo aí perto de você que pode te dar uma mãozinha. Não tenha vergonha de perguntar. Peça ajuda de quem sabe um pouco mais, ou aumente sua gama de fontes. Na internet tem uma porção de sites que podem facilitar isso para você. Eu gosto muito de alguns canais no youtube voltados exatamente para o universo da literatura como o canal da Tati Feltrin, que é o meu favorito! O Minha Estante que é extremamente engraçado, o canal da fofa e querida Mell Ferraz, e alguns internacionais como o Booksandquills, Little Book Owl, The Readables, e por fim o da Ariel Bissett. Me identifico muito com ela. Além do gosto em comum por George Orwell acho muito legal como ela expõem seu gosto por livros. Ah e tem o meu canal, que não é bem literário, mas tem umas resenhas por lá, prometo gravar mais vídeos assim que o universo permitir! E também  tem sempre a opção de montar um clube do livro. Esse ano eu a Nicky montamos um clube pelo Facebook, e nossa primeira meta é ler todos os livros da Jane Austen em ordem cronológica de publicação, o bom é que uma motiva a outra! Vou aproveitar o momento para mandar um beijo para as meninas do clube! <3

vuou hadassah sorvillo

6-) Experimente coisas novas!

Sabe aquele papo de sair da zona de conforto? Então, isso também vale na área da literatura. Se você já está em um ritmo legal de leitura comece a pensar em experimentar coisas novas. Por exemplo, você nunca leu um clássico, então… que tal tentar? Ou quem sabe dar um tempinho no YAs da vida e começar a ler um filósofo, ou ainda se você só lê livros técnicos talvez esteja na hora de se divertir um pouco e pegar um romance leve para relaxar. Não há nada de errado em ler coisas diferentes, isso não vai te fazer melhor ou pior do que ninguém. Eu estou tentando fazer o mesmo. De uns tempos para cá comecei a ler desde livros infantis, até filosofia, romances históricos, distopias, etc. Além de experimentar autores que eu jurava que não iria ler, como o John Green (por favor não me matem!). Acho legal você ler algo que não costumaria escolher, isso quebra alguns preconceitos. Eu tenho os meus e quero ter a chance de confirmá-los ou dar o braço a torcer, e dizer “é… estava errada”.

That’s All Folks!

Espero ter ajudado um pouco, e se alguém aí tem alguma dica, pedido ou ideia, compartilhe nos comentários. Adoro ler o que vocês escrevem.

Um grande abraço a até a próxima!