Category

Fotografia

vuou-blog-2
Fotografia

Cortes

Quando estamos ligados ao self instintivo, à alma do feminino que é natural e selvagem, em vez de examinar o que por acaso esteja em exibição, dizemos a nós mesmas: “Estou com fome de quê?” Sem olhar para nada no mundo externo, nós nos voltamos para dentro e perguntamos: “Do que sinto falta? O que desejo agora?” Perguntas alternativas seriam: “Anseio por ter o quê? Estou morrendo de vontade do quê?” E a resposta costuma vir rápido. “Ah, acho que quero… na verdade o que seria muito gostoso, um pouco disso e daquilo… ah, é, é isso o que eu quero.” […] No final, porém, iremos encontrar o que procuramos e ficaremos felizes por termos feito sondagens acerca dos nossos anseios mais profundos. […] A natureza não pede licença. Floresça e dê à luz sempre que tiver vontade. Como adultas, precisamos muito pouco de licença, mas, sim, de maior criação, de maior estímulo dos ciclos selvagens.

Trecho do livro: Mulheres Que Correm Com os Lobos, de Clarissa Pinkola Estés

vuou-blog-4

vuou-blog-3

vuou-blog-8

vuou-blog-6

vuou-blog-7

vuou-blog-9

vuou-blog-10

vuou-blog-1

Autorretratos

Escuta essa música <3

cotidiano-vuou-part1-1
Cotidiano Fotografia

Pedaços do cotidiano #1

A vida é feita de fases e eu demorei um bocado para entender os meus ciclos. Sei que ainda não me entendo por completo, mas felizmente me sinto mais preparada para enfrentar algumas adversidades que no passado me faziam sofrer além do necessário. Como atualmente, em que os meus dias estão cada vez mais agitados e compromissados. Sinto que estou remando contra a minha vontade de viver uma vida mais simples e leve, isso me deixa um pouco desconfortável, mas eu também entendo que esse é o momento de arriscar, investir em alguns sonhos antigos, estudar, trabalhar e juntar recursos. Preciso aproveitar as oportunidades que surgem. Então eu respiro fundo, tomo uma caneca de chá e continuo em frente.

• Recentemente encomendei alguns livros pelo Book Depository. Acho tão legal que as livrarias gringas mandem marca páginas com os livros. Pena que por aqui as lojas virtuais não possuem esse costume.

• Os livros que encomendei são sobre estilo de vida e simplicidade. Comprei todos sobre o mesmo assunto com a pretensão de fazer algumas pesquisas para o blog, aprender conceitos e ideias novas para passar à diante para vocês. Porém lá no fundo eu sei que vai ser ótimo para a minha vida pessoal, confesso que estou precisando me reorganizar e pensar mais sobre as minhas escolhas e rotina.

• Minha mãe começou um novo projeto, pelo menos parece com um projeto. Ela está plantando suculentas como se não houvesse amanhã e espalhando os vasos pela casa. Tem suculentas na varanda, nas mesas e até no banheiro e na cozinha! Eu acho tudo muito divertido.

• Meses atrás meu pai viajou para a África do Sul e me trouxe de presente um elefante esculpido em madeira. Fiquei tão, mas tão feliz! Sou apaixonada por elefantes e fiquei encantada pelo trabalho tão cuidadoso do artesão <3

cotidiano-vuou-par1-3

cotidiano-vuou-part1-2

cotidiano-vuou-part1-4

cotidiano-vuou-part1-5

E como estão as coisas aí do outro lado? Espero que tudo esteja bem com vocês!

Com amor,

Hady

 

You may also like
Gastronomia
Meus rumos na gastronomia
14 de outubro de 2017
Cotidiano
Menininha não cresça mais não
14 de setembro de 2017
Cotidiano
Segura esse rojão
4 de setembro de 2017
You may also like
Gastronomia
Meus rumos na gastronomia
14 de outubro de 2017
Cotidiano
Menininha não cresça mais não
14 de setembro de 2017
Cotidiano
Segura esse rojão
4 de setembro de 2017
eliza_vuou6
Cotidiano Fotografia

Sweet Child O’ Mine

O dia esteve nublado e cada tentativa nossa de sair de casa resultou em fracasso. O pouco tempo que tivemos entre uma pancada ou outra de chuva aproveitamos para fazer algumas fotos. A Eliza está crescendo com tanta rapidez que dá para perceber as mudanças de um dia para o outro. Estou passando a semana fora de casa, por conta do trabalho, e quando volto para o sítio é sempre uma surpresa. Ela cresceu um pouco mais, aprendeu uma nova expressão, mostra o caderno de estudos e diz toda orgulhosa que é muito boa em matemática. Meu coração aperta, mas ao mesmo tempo expande. Antagônico esse sentimento de ver alguém que você ama crescer. Por outro lado eu também estou mudando, ficando velha, com umas dores que antes eu só ouvia falar. Sem reclamações, apenas uma constatação. A vida segue, um dia nascemos e no outro estaremos a sete palmos do chão. O miolo disso tudo é o que conta. Temos somente o hoje. O meu hoje foi banhando de chuva, chocolate quente e fotos com a minha pirralha. Simples, sem muitas emoções, mas meu coração está grato e me sinto extremamente feliz. Dentro de mim estou sentindo as coisas mudarem e essa é uma sensação que só posso dizer que vem com o tempo mesmo. Tempo, tempo, és um dos deuses mais lindos…

Continue reading

You may also like
Cotidiano
Menininha não cresça mais não
14 de setembro de 2017
Cotidiano
Segura esse rojão
4 de setembro de 2017
Cotidiano Gastronomia
Gastronomia, sonhos e coragem tardia.
23 de agosto de 2017
You may also like
Aventuras ao ar livre
Aprenda a montar um kit de primeiros socorros para aventuras na natureza
22 de outubro de 2017
Aventuras ao ar livre Viagem
Diário de Travessia: Serra Fina, dia 3 e 4
18 de outubro de 2017
Cotidiano Gastronomia
Gastronomia, sonhos e coragem tardia.
23 de agosto de 2017
Close