Category

Estilo

hadassahsorvillo_img6
Estilo

Look: Vai de simplinho

Já passou o tempo em que eu curtia montar looks, acordar mais cedo para escolher o que ia vestir ou buscar tendências em revistas e blogs. Nos dois últimos anos isso meio que foi perdendo o brilho. Foi um progresso. Mas sei que a moda teve um papel importante na minha vida.

E por nunca passar vontade (sempre vesti o que quis sem me importar se ia parecer ridículo ou não) acabei experimentando vários estilos e por consequência me conhecendo melhor. Até que um dia eu simplesmente desencanei, e então passei a me vestir de maneira mais confortável e simples, acompanhando minha rotina.

Bem, meu propósito não é transformar o VUOU em um blog de moda, mas decidi que de vez em quando vou compartilhar o que estou vestindo. O que vivo transparece em vários setores da minha, e no meu estilo também. Minha ideia não é falar de moda de passarelas, marcas, compras, etc. Apenas aproveitar o fato que hoje em dia estou numa vibe boa, com meu corpo, com minhas escolhas, com meu guarda-roupa. Encontrar o equilíbrio, ou manter a busca, é sempre bom 😉

hadassahsorvillo_img11

hadassahsorvillo_img7

hadassahsorvillo_img12

hadassahsorvillo_img10Me acompanhe pelas redes sociais: FACEBOOK / INSTAGRAM / SKOOB/YOUTUBE/PINTEREST 

You may also like
Estilo
Donnie Darko
18 de novembro de 2017
Estilo
Um trecho de livro para compartilhar
7 de novembro de 2017
Estilo
Dear Prudence
23 de outubro de 2017
blogvuou_estilosimples_1
Estilo

Menos pode significar mais qualidade

De uns tempos para cá decidir simplificar meu guarda-roupa, vendi muita coisa, doei outras e ainda estou no processo de desapego. Tudo isso porque que daqui por diante vou me preocupar mais com a qualidade da minhas roupas, analisar a minha rotina e montar um guarda-roupa que me favoreça na hora de vestir e não que se torne um tormento!

“Antes de sair de casa olhe-se no espelho e tire um acessório” – Chanel

blogvuou_estilosimples_2

Quando a gente não se conhece muito bem vamos aderindo a uma porção de estilos simplesmente porque achamos bonito. Aí na hora de se vestir você não consegue combinar suas roupas e muitas vezes pior, você nem frequenta lugares para usar determinada peça, aí ela fica pegando poeira e ocupando espaço no guarda-roupa. Vou usar meu caso como exemplo. Moro no sítio e trabalho em casa! Me pergunte se eu vou precisar comprar uma porção roupas para trabalhar? Não, não preciso! Trabalho de pijama! Quando me dei conta disso me livrei de uma porção coisas que já não acompanhavam meus novo estilo de vida.

Uma regra muito boa que está facilitando para mim é preferir os básicos, boas calças, camisetas de cores sóbrias e casacos legais. Nada em exagero, só o suficiente que vá bem com tudo. Gosto de dizer que estou tentando otimizar meu guarda-roupa, ganhar mais espaço e gastar menos dinheiro. Nunca fui de gastar, mas agora estou ainda mais dedicada a reciclar minhas peças e ser consciente com o meu consumo.

Gosto de ter meu estilo e não quero dizer para vocês se livrarem de tudo e viver só com 15 peças de roupa. Não! Respeite seu gosto e não precisa de livrar de tudo, só se você quiser. Mas saiba que diminuir a quantidade vai ser algo muito bom, então que tal tentar?

Vou dar algumas dicas para começar a ter um estilo mais simples:

1- Analise sua vida, sua rotina e seu trabalho. Depois analise para o seu guarda-roupa. Sabe aquelas peças que você tem apego, mas que não usa a um tempão, que tal doar ou fazer um bazar? Desapego é uma boa coisa, comece pelas suas roupas.

2- Compre roupas de qualidade. Você não precisa ter vinte modelos de calça. Compre três calças boas que durem, e use de maneira intercalada. Não precisamos muito mais do que isso. E essa dica também serve para sapatos, camisas, etc.

3- É preciso que suas roupas sigam um estilo, isso facilita na hora de combinar. Descobri que não preciso aderir a todos os estilos e a todas as cores, poxa sou uma só! Então escolha o que fica bem em você, não imagina quanta dor de cabeça que é poupada quando você passa a se conhecer.

4- Não esquente tanto a cabeça com tendências de moda ou em seguir o que as atrizes famosas usam. Algumas pessoas vivem numa realidade totalmente diferente da nossa, então não adianta querer acompanhar. Você pode até se inspirar, mas na hora de se vestir seja você, sabendo das suas limitações como também da sua beleza e opção de vida.

Então é isso pessoal! Vamos simplificar a partir de agora, que tal? 😉

blog_vuou_estilo_naosaidemoda
Estilo

O que não sai de moda

Sempre ouvi falar que o pretinho básico nunca sai de moda. Uma peça clássica, sóbria, simples e que cai bem no teu corpo. Concordo, o pretinho básico nunca sai de moda. Mas sabe o que também não sai de moda? Escolher roupas pelo conforto e não pela etiqueta. Aceitar seu corpo, seja ele com umas gordurinhas extras ou com umas costelas aparecendo. Preocupar-se mais com o ser, ao invés de apenas aparentar. Vestir uma peça por prazer e não por imposição.

O pretinho básico tem que ser um estado de espírito, tem que vestir a alma. E nesse caso o pretinho básico significa livrar-se de umas neuras que andaram colocando na gente.

Estilo não tem nada a ver com a quantidade de roupas que você tem no armário. Não tem nada a ver com marcas. Essa coisa de se vestir deve ser uma diversão e não uma agonia! Concordo que devemos ter bom senso. E também concordo que a moda tem seu espaço na sociedade, tanto no sentido mercadológico quanto antropológico. Mas a minha opinião sincera é: Larguemos mão de seguir modismos para seguirmos nossas almas, que vão falar por si só nas roupas que vestimos! É legal ter estilo, é legal poder expressar-te também pelas roupas. Mas que isso não deixe de ser legal para virar o essencial.

Leminski escreveu uma frase já muito gasta em descrições do Instagram, mas que é uma pura verdade:

Isso de a gente querer ser exatamente o que a gente é, ainda vai nos levar além.

Isso de querer ser mais do que uma modelete vai nos levar além, isso de usar uma roupa até o o talo, gastando com aventuras e descobertas vai nos levar além. Desapegar e passar a diante vai nos levar além. Vestir algo por puro prazer de sentir-se bonita vai te levar além! Ser você com todas as tuas imperfeições perfeitamente perfeitas vai te levar além, muito além! E assim iremos aos poucos encontrando o essencial, e percebendo que ele não vem embalado dentro de uma sacola ou pendurado em uma arara de loja.

 

Close