Crônica

O Morcego na cozinha

Não é que eu tenha medo mortal de morcegos, o que sinto está mais para uma agonia. Algo equiparado com o desconforto quando alguém escreve na lousa com o giz e aquele som agudo irritante ecoa pela sala. Quando alguém estala os dedos com força ao seu lado, ou quando por azar toma-se uma bebida muito quente, fria também serve, e os dentes sentem aquela gastura. Sabe o que eu estou falando? Então, é isso que eu sinto quando vejo um morcego, não é medo, é, bem, é uma aflição.Continue reading