Tag

arte

filme-renoir-vuou-1
Entretenimento

Filme: Renoir

filme-renoir-vuou Renoir é um pintor que me faz lembrar minha mãe. Quando vou ao MASP e vejo um dos seus quadros é sempre ela que me veem à mente, e sempre será. Lembro que quando eu era criança ela me mostrava seus livros de pintores célebres, e ela me contava o quanto amava os impressionistas e os jardins que Renoir pintava. Um quadro em especial me remete à essa fase. Chama-se Rosa e Azul. Onde duas meninas, aparentemente irmãs, ocupam a tela, vestidas com vestidos brancos de babados e rendas. A mais nova usa uma fita, meias e laço cor-de-rosa, e a mais velha meias e laços azuis. Mamãe dizia, “Hadassah é a menina azul e Elissa a rosa”. Eu passava um bom tempo olhando para as pinturas impressas nas páginas. Imaginava histórias, sons, luzes e aromas. Para mim os quadros de Renoir são repletos de vida. Sempre que posso vou ao museu para admirar suas obras. Amo Renoir por causa da minha querida mãe. Sou muito grata por ela ter me apresentado e incentivado a amar os impressionistas e a arte em geral.

Fiquei muito feliz quando encontrei na Netflix um filme sobre a vida do pintor, para ser mais exata, uma parte da vida dele. O filme mostra Renoir (Michel Bouquet) já velho, famoso e rico, mas atormentado pela morte da esposa, as dores da artrite e a preocupação com o filho Jean (Vincent Rottiers), que luta na Primeira Guerra Mundial. Nesse meio tempo surge em sua vida Andrée (Christa Theret), uma jovem bela e radiante que sonha ser atriz de cinema. Andrée desperta no pintor uma inesperada energia e motivação para criar. Rejuvenescido, Renoir a torna sua musa. Quando Jean retorna à casa do pai para se recuperar de um grave ferimento na perna, ele se envolve com Andrée e a torna também sua musa, mas de uma maneira diferente.

A história é ok. Apesar ser baseada em fatos reais não tem lá um grande enredo, mas mesmo assim é legal ver como era a vida do artista e da sua família. Porém, o que realmente me cativou foi a direção de arte! Caramba que coisa linda! Me senti dentro dos quadros de Renoir com as cores, natureza e atmosferas que ele transmita através das pinturas.

filme-renoir-vuou-2

filme-renoir-vuou-3

filme-renoir-vuou-4

filme-renoir-vuou-6

filme-renoir-vuou-7

filme-renoir-vuou-8

filme-renoir-vuou-9

filme-renoir-vuou-10

filme-renoir-vuou-12

filme-renoir-vuou-5

Até mais pessoal! 😉

Hady

 

You may also like
Entretenimento
Filme: O Morro dos Ventos Uivantes está disponível na Netflix
12 de janeiro de 2017
Cotidiano
Exposição Frida Kahlo
7 de outubro de 2015
Livros
A obra de Wes Anderson em livros
28 de agosto de 2015
Processed with VSCOcam with f2 preset
Cotidiano

Exposição Frida Kahlo

Quem me acompanha pelo Instagram viu que ontem dei um pulo até São Paulo para conferir a exposição “Frida Kahlo, conexão entre mulheres surrealistas no México“. E pessoal, está incrível! Sou suspeita para falar já que o trabalho da Frida ocupa um lugar muito especial no meu coração.Continue reading

You may also like
Entretenimento
Filme: Renoir
30 de julho de 2017
Cotidiano Fotografia
Sweet Child O’ Mine
18 de março de 2017
Fotografia
Kenia
5 de janeiro de 2017
hadassah_sorvillo_img_94
Livros

A obra de Wes Anderson em livros

Mostrei uns tempos atrás no meu perfil do Instagram uma foto de dois livros comprei. Perguntei se alguém tinha interesse que eu fizesse uma resenha e uma galerinha se mostrou interessada. Por isso, estou hoje respondendo aos pedidos! Finalmente preparei o post sobre os livros do (mega amado) diretor Wes Anderson.

Continue reading

You may also like
Entretenimento
Filme: Renoir
30 de julho de 2017
Livros
Em Algum Lugar nas Estrelas (Clare Vanderpool)
20 de julho de 2017
Livros
ORANGE – Ichigo Takano
12 de fevereiro de 2017
hadassahsorvillo_img_22
Fotografia

Ophelias

Às vezes é bom sair um pouco da realidade, entrar em um personagem e criar um universo novo, seu. A fotografia me proporciona essa possibilidade. Usar minha imaginação para criar cenários que não consigo viver no dia a dia. De vez em quando é bom, o desafio de encarar um personagem, por alguns minutos.

Continue reading

You may also like
Entretenimento
Filme: Renoir
30 de julho de 2017
Viagem
Perfis de pessoas viajantes para seguir no Instagram
23 de novembro de 2015
Cotidiano
Exposição Frida Kahlo
7 de outubro de 2015
VUOU Hadassah Sorvillo
Cotidiano

Me desmilinguindo toda ao som do blues

Às vezes o sono foge de mim, isso é raro. Na verdade sou daquelas que gosta de dormir. Tenho um relacionamento íntimo com o sono, é minha chance de aproveitar sonhos absurdos. Resumindo, gosto de dormir. Mas ontem não consegui achá-lo com facilidade. Pintura, música de Chico, lanterna e a madrugada pela frente, eis a solução.

Continue reading

You may also like
Entretenimento
Filme: Renoir
30 de julho de 2017
Cotidiano
Exposição Frida Kahlo
7 de outubro de 2015
Livros
A obra de Wes Anderson em livros
28 de agosto de 2015
Close